sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

Um golo que brilha na escuridão

Com a tristeza,  passou-nos ao lado o golo mais bonito do Benfica esta época. Uma lição de como sair da pressão adversária sem pontapés para a atmosfera - jogadores juntos dando apoios e várias soluções, triangulação simples, bom posicionamento.  Pizzi finalmente liberta e Salvio cria o desequilíbrio. Ali, naquele momento, já o golo esperava refastelado numa praia a beber cocktails. Já o golo sabia que ia acontecer. Jonas recebe no meio, abre na esquerda para alargar a defesa do Moreirense e assim criar um falso chamariz enquanto, do lado contrário,  o Salvio segue o seu trilho natural, à espera de uma bola que aparece cheia de álcool dos pés do Eliseu. A finalização é óptima. Futebol de eleição que terminou aos 6 minutos deste jogo, mas o golo, este golo, valeu o bilhete.


4 comentários:

moleculasdeamorpelavida disse...

Absolutamente companheiro.

dezazucr disse...

Curioso ter sido pelos mal amados do momento benfiquista.

Um dos problemas do Benfica tem sido Pizzi. Não me interpretem mal, não falo de Pizzi o jogador, mas Pizzi o equívoco na posição 8. É bonito ofensivamente, mas defensivamente tem sido um desastre. Pizzi deve jogar, mas como jogou o ano passado a partir do momento em que Renato entra na equipa.
Os golos de Pizzi impedem Rui Vitória de perceber que um dos principais problemas do Benfica é o Pizzi estar a jogar a 8. Devería estar comoo médio direito. Jogo após jogo o meio campo do Benfica é uma cratera pois Pizzi não faz as compensações como deve ser. O médio defensivo não tem de servir para tudo. O Benfica já havia tentado o mesmo o início do ano passado e só melhorou quando chegou o Renato. O 8 do Benfica tem de ser bem melhor fisicamente e ajudar o médio defensivo a agarrar aquele meio campo, que neste momento é uma passadeira. E não é só desde que Fesja se lesionou apesar de se ter tornado mais evidente. Com Fesja também se passou o mesmo com o Nápoles e Besiktas.

Ricardo disse...

Dezazucr, o Pizzi tem sido o melhor jogador do Campeonato; tanto ofensiva como defensivamente tem feito grandes jogos. Discordo totalmente dessa análise que fizeste.

Ricardo disse...

Já agora, uma unha do Pizzi vale o corpo todo do Renato, que é um jogador esforçado e não mais do que isso.